segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Deus é Zeus!!!

Temos postados o nome do Soberano Altíssimo Yahveh, e insistido que o título Deus não aparece nas Escrituras hebraicas, foram colocadas nas traduções greco latinas de bispos e padres. 
Este vídeo abaixo  é parte de um documentário do History que aborda o tema de maneira que fica bem claro como se deu essa amalgama nos primeiros séculos!




O Termo ''Deus'' só aparece a partir da Vulgata Latina, no século quarto, depois da fundação da Igreja Católica

Zeus, referido poeticamente pelo vocativo Zeu pater ("Ó, pai Zeus"), é uma continuação de *Di̯ēus, o deus proto-indo-europeu do céu diurno, também chamado de *Dyeus ph2tēr ("Pai Céu"). Este mesmo deus é conhecido por este nome em sânscrito(Dyaus/Dyaus Pita), latim (Júpiter, de Iuppiter, do vocativo proto-indo-europeu *dyeu-phatēr ), que é derivado da forma básica *dyeu- ("brilhar", e em seus diversos derivados - "céu", "deus") Já na mitologia germânica o paralelo pode ser encontrado em *Tīwaz > alto germânico antigo Ziunórdico antigo Týr, enquanto o latim também apresenta as formas deusdīvus e Dis (uma variação de dīves), do substantivo relacionado *deiwos. Para os gregos e romanos, o deus do céu também era o deus supremo. Zeus é a única divindade do panteão olímpico cujo nome tem uma etimologia tão evidentemente indo-européia.
Tanto a forma capitalizada do termo Deus quanto seu diminutivo - que simboliza divindades, deidades em geral - têm origem no termo latino "deus", significando divindade ou deidade. O português é a única língua românica neolatina que manteve o termo em sua forma nominativa original, com o final do substantivo em "us", diferenciando-se assim do espanhol dios, francês dieu, italiano dio, e da língua romena, onde se distingue o criador monoteísta, Dumnezeu, de zeu, um ser idolatrado.
Os termos latinos Deus e divus, assim como o grego διϝος = "divino", descendem do Proto-Indo-Europeu *deiwos = "brilhante/celeste", termo esse encerrando a mesma raiz queDyēus, a divindade principal do panteão indo-europeu, igualmente cognato do grego Ζευς (Zeus).

“Quem subiu ao céu e de lá desceu?
“Quem recolheu o vento de mãos abertas?
“Quem amarrou  o Mar  numa  túnica?
“Quem fixou os limites da Terra?
“Qual é o seu nome; e o nome de seu filho
Se é  que o sabes? Mishlê=Provérbios 30,4.

O  tetragrama   YHWH,  se refere  ao  nome  do Eterno, em original hebraico.

Diná Soares


Nenhum comentário:

Postar um comentário