sábado, 3 de junho de 2017

Chag Semech Shavuot - Feliz Dia de Shavuot


A lei - "Instrução" não menciona especificamente um motivo para a celebração da festa de Shavuot.
O nome significa “semanas” (Dt 16, 10). O motivo do nome é que a festa sempre acontece sete semanas (ou seja, no quinquagésimo dia) após a Pêssah.

Em português, é comum que essa festa receba o nome de “pentecostes”, palavra de origem grega (50º dia) que faz referência ao número cinquenta. A data da festa de Shavuot é calculada através da contagem desses cinquenta dias, a a partir da Chag Bilurim em cumprimento de Levítico 23: 15 e 16. A contagem chama-se sefirat haômer (contagem do ômer). Ômer (literalmente: feixe) é o nome de uma medida, e a referência é a uma quantidade de cevada que deveria ser ofertada após Pêssah (Lv 23: 10-11).

Em Números 28: 26, Shavuot é chamado Yom habikurim” (dia dos primeiros frutos). Outro nome desta festa é “atzêret”, que significa “interrupção” ou “conclusão”.

Na tradição judaica, a festa recebe motivos e nomes como “Festa da Safra” e “Tempo da entrega da Instrução” - o Dia em que a lei foi recebida no Sinai no terceiro mês. Portanto, tradicionalmente, Shavuot comemora o aniversário da entrega da Instrução! Entrega da Lei dos 10 Mandamentos!

Em Atos 2 - Neste mesmo dia, 09 do terceiro mês do ano 31 - cumprindo o símbolo da chuva temporã, e o início da pregação das Boas Novas da vinda do Mashyah, outra extraordinária manifestação aconteceu em cumprimento da promessa do Salvador. Os talmidim de Yahshuah receberam o derramar do Rukha Hakadosh!

Ficou sendo também chamado vulgarmente de Pentecostes palavra grega equivalente a 50 (50º), ao invéz das sete semanas inteiras, como no calendário gregoriano as semanas são sequenciais, muitas pessoas inclusive os judeus contam dias corridos sem levar em conta, a rosch chodesh - a lua nova que é a cabeça do mês, juntamente com os 30º dia que completam exatamente as lunações, não fazem parte da contagem das SEMANAS INTEIRAS. Este detalhe é muito importante! Em Lev. 23:12 E 15 diz:
" No dia imediato so shabat, o sacerdote moverá. No dia que moverdes o molho.... Contareis para vós outros desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida; SETE SEMANAS INTEIRAS SERÃO"

IMPORTANTE:

É impossível determinar a data correta, se esta não for contada a partir da lua nova do primeiro mês por volta do equinócio de primavera (no hemisfério norte - de outono do hemisfério sul)
Mais uma vez vemos de forma maravilhosa os dois astros Sol e Lua - colocados na céu no quarto dia da Criação (Gên. 1: 14) marcando como um "OT" - um sinal visível os tempos sagrados de Yahveh.



Por Diná Soares
Ivonil F. Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário